Pesquisa

Pesquisa personalizada

Mito da Caverna

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Grupo de pesquisa Filosofia e Administração

Grupo de pesquisa Filosofia e Administração

Filosofando sobre a Administração

Horário: 20h as 21h30

Data: 17/10/2011

Periodicidade: Quinzenal, às segundas-feiras.

Local: Faculdade São Bento - Largo de São Bento, s/no. - Centro - São Paulo/SP

Público alvo: a todos os interessados.

Coordenação e organização: César Mendes da Costa e Maria Ignez Prado Lopes Bastos

ENCONTROS DE FILOSOFIA CLÍNICA E EDUCAÇÃO

ENCONTROS DE FILOSOFIA CLÍNICA E EDUCAÇÃO
Devido ao feriado de 12 de outubro, nosso Encontro de Filosofia Clínica e Educação ocorrerá no dia 20, quinta-feira, 19:30, discutindo a temática Thomas Kuhn e os paradigmas em educação, com coordenação de César Mendes da Costa. Segue o convite:

Thomas Kuhn e os paradigmas em educação.
A produção filosófica de Kuhn teve início em seu trabalho docente. Enquanto preparava as aulas para um curso sobre filosofia aristotélica, ele percebeu que existia uma diferença entre Aristóteles e Newton, no que se refere à concepção de movimento. Aprofundando sua pesquisa, desenvolveu o conceito de incomensurabilidade para demonstrar que uma concepção não conduz a outra, mas, ao contrário, há descontinuidade histórica entre elas, demarcando a constituição de um paradigma. Sendo um paradigma, segundo ele, aquilo que os membros de uma comunidade científica compartilham, podemos afirmar que professores atuam segundo um paradigma educacional? Caso afirmativo, qual o paradigma educacional atual? Tal paradigma é partilhado com os alunos? Ou haveria incomensurabilidade de paradigmas entre as concepções de alunos e professores? Quais as implicações destas questões na prática docente e nos processos de aprendizagem dos educandos? De que maneira a filosofia clínica pode contribuir na reflexão acerca dos paradigmas educacionais em sua relação com a prática docente? São questões que abordaremos em nosso Encontro de Filosofia Clínica e Educação no mês de outubro.
Dia 20 de outubro - quinta-feira
Horário: 19:30
Local: Instituto Interseção - Rua Martinico Prado, 26 cj. 25 (próximo à estação Santa Cecília do metrô).
Entrada Franca

Nietzsche e os pólos: Filosofia e administração

Nietzsche e os pólos: Filosofia e administração
Quando mergulhamos na obra do filósofo alemão Friedrich Nietzsche encontramos questões densas e polarizadas. Refletir sobre um determinado assunto tendo o filósofo alemão como guia é mesmo que navegar em um mar aberto tendo a frente à diversidade de implicações que o pomo da pesquisa sugere. Deste modo, indagar, propor ou mesmo acentuar uma perspectiva sempre revelara a possibilidade das justas críticas partindo de outras chaves de leitura.

Durante o nosso último encontro do grupo de estudo Filosofia e administração, o tom do confronto de idéias, esteve em jogo à concepção nietzscheniana da moral do nobre e do escravo – apresentada na obra Genealogia da Moral.

Em busca de um melhor entendimento acerca do que se passa no interior das organizações especialmente no universo dos gestores – daqueles que aplicam o capital da empresa, refletem os rumos da organização – óticas diversas surgiram tendo o filósofo alemão como pano de fundo, repercutindo a necessidade de aprofundar as questões, aperfeiçoar as definições.